O negro no futebol brasileiro: Trabalho, desigualdade e vulnerabilidade

Biblioteca

Seja um dos 13 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1517-5367

A situação do negro no futebol brasileiro: Trabalho, desigualdade e vulnerabilidade social

Periódico / Revista

Akrópolis

Número

n. 4

Volume

v. 15

Páginas

p. 179-189

Cidade

Umuarama

Arquivos

Resumo

O trabalho investiga a desigualdade racial e regional no mercado de trabalho no futebol brasileiro. Trata-se de uma pesquisa sociológica acerca da desigualdade de renda no futebol brasileiro, que enfatiza as diferenças nos níveis salariais a partir das variáveis região e raça. Analisa a relação existente entre futebol e desenvolvimento regional. É nas regiões mais pobres e atrasadas (Norte, Centro-Oeste e Nordeste) que se encontra um mercado futebolístico menos desenvolvido (maior precariedade nas condições e relações de trabalho, menores salários, maior vulnerabilidade). No Sudeste e no Sul o futebol é mais desenvolvido, apresenta melhores níveis salariais e um menor número de jogadores em condições vulneráveis. O futebol espelha as desigualdades regionais, tão marcantes na sociedade brasileira, e verdadeiros pilares da desigualdade social. As diferenças raciais se traduzem em desigualdade e discriminação raciais.

Abstract

This paper investigates racial and regional Brazilian soccer labor dissimilarities. It is a sociological research regarding Brazilian soccer income dissimilarities, which emphasizes the differences on wage levels from regional and racial variables. It analyzes the relation between soccer and regional development. The least developed soccer market, worst relation/working conditions, lowest wages, and most vulnerability are found in the poorest and least developed regions (North, Midwest, and Northeast). In the Southeast and South, soccer is developed, presenting better wage levels and the smallest number of soccer players under vulnerable conditions. Soccer mirrors regional dissimilarities – so remarkable within Brazilian society, and true fundaments of social dissimilarities. Racial differences translate into racial discrimination and dissimilarities.
Cadastre-se para receber novidades