Análise da incidência de gols do Campeonato Mineiro no ano de 2017

Autores

Guilherme Augusto Hoth, Marcos Paulo de Freitas Silvino, Rodrigo de Miranda Monteiro Santos

Periódico / Revista

Revista Brasileira de Futsal e Futebol

Cidade

São Paulo

Volume

v. 12

Número

n. 51

Páginas

p. 738-743

Ano

2020

ISSN

1984-4956

Resumo (pt)

Objetivo: O estudo teve como objetivo analisar a incidência de gols do Campeonato Mineiro de Futebol de 2017 e sua relação com o resultado da partida. Métodos: Foram analisadas as súmulas das 72 partidas da competição, na qual foram realizados 160 gols, sendo estes organizados em intervalos de 15 minutos. A coleta das informações foi feita a partir do site da Federação Mineira de Futebol. Foi utilizada estatística descritiva (média, frequência e desvio padrão) e o teste ANOVA-one way para a comparação das médias entre cada intervalo de tempo e o respectivo resultado da partida. O nível de significância adotado foi de p<0,05. Resultados: No estudo observou-se maior frequência de gols marcados no segundo tempo (53,11%), tendo ainda ocorrido, em sua maioria, a partir dos 75 minutos de jogo (23,75%). Conclusão: Embora não tenham sido encontradas diferenças significativas em relação aos intervalos de tempo e ao resultado da partida, nota-se uma frequência de gols maior no segundo tempo de partida, em especial no último intervalo de 15 minutos (76-90+).

Abstract

Aim: The study aimed to analyze the incidence of goals in the 2017 Minas Gerais Football Championship and its relationship with the
result of the match. Methods: They were analyzed as overviews of 72 matches of the competition, which were scored 160 goals, which were organized in intervals of 15 minutes. Information was collected from the website of the Federação Mineira de Futebol. Descriptive analysis (mean, frequency and standard deviation) and the ANOVA one way test was used to compare the goals in each time interval between the results of the matches. The significance level was p<0.05. Results: In the study studied, there was a higher frequency of goals scored in the second
half (53.11%), with most of them still occurring after 75 minutes of play (23.75%). Conclusion: Although there were no significant differences
in the time intervals and to the result of the match, note a higher frequency of goals in the second half, especially in the last 15-minute
interval (76-90 +).

Referência

HOTH, Guilherme Augusto; SILVINO, Marcos Paulo de Freitas; SANTOS, Rodrigo de Miranda Monteiro. Análise da incidência de gols do Campeonato Mineiro no ano de 2017. Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo, v. 12, n. 51, p. 738-743, 2020.