Certificado de clube formador e treinadores do futebol masculino de base

Biblioteca

Seja um dos 16 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1981-4690

ECA, certificado de clube formador e treinadores do futebol masculino de base no Brasil – conflitos éticos

Volume

v. 35

Páginas

p. 39-46

Cidade

São Paulo

Arquivos

Resumo

O presente estudo buscou, por meio de técnicas de análise documental, avaliar a interação entre a) legislação e textos que abordam os direitos das crianças e adolescentes e os direitos dos jovens futebolistas com a b) Carta Internacional da Educação Física e Esportes e o Código de Ética do Profissional de Educação Física em relação às c) exigências dos clubes formadores de jogadores de futebol masculino. A metodologia utilizada foi a pesquisa descritiva, delineada pela fonte documental. Os resultados revelam discrepâncias entre o Estatuto da Criança e do Adolescente, a Carta Internacional da Educação Física e Esportes e o Código de Ética do Profissional de Educação Física, e os demais documentos analisados e sinalizam para a ocorrência de conflitos éticos na atuação do profissional de Educação Física que exerce a atividade treinador de futebol em categorias de base.

PALAVRAS-CHAVE: Futebol; Jovens atletas; Legislação; Ética profissional

Abstract

The study aimed to, trough documental analysis techniques, evaluate the interaction between a) laws and further texts that address children and teenager rights and b) International charter of Physical Education and Sports and the Ethical code of Physical Education Professionals (Brazil), related to c) the requirements to the youth male football clubs. The methods chosen were the descriptive search, outlined by documental sources. Results shows divergences between Brazilian children and teenager rights law, International charter of Physical Education and Sports, Ethical code of Physical Education Professionals (Brazil) and further documents which indicate occurrence of ethical conflicts on Physical Education Professional’s activities when performing their role as coaches in Brazilian youth male football environment.

KEYWORDS: Football; Young athletes; Laws; Professional ethics.

Cadastre-se para receber novidades