Equilíbrio competitivo no futebol: um estudo comparativo entre brasil e as principais ligas europeias (2003-2015)

Autores

Cristiano Diniz da Silva, César Cavinato Cal Abad, Guilherme Oliveira Ianino Fortes, Wesley William Gonçalves Nascimento

Periódico / Revista

Journal of Physical Education

Cidade

Maringá

Volume

v. 29

Número

n. 1

Páginas

p. 1-11

Ano

2018

ISSN

2448-2455

Resumo (pt)

O presente estudo comparou o equilíbrio competitivo (EC) do futebol brasileiro com os da Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal), na primeira divisão, entre o período de 2003 a 2015. Além disso, verificou-se a linha de tendência do período e o efeito global. O EC foi medido através da concentração de pontos pelos quatro primeiros colocados na tabela final de classificação (C4 Index of Competitive Balance; C4ICB). Valores descritivos mostraram competições não totalmente equilibradas (i.e., C4ICB>100). C4ICB do campeonato brasileiro (Md=133) foi menor em comparação aos da Alemanha, Espanha, Itália, Inglaterra e Portugal (Md=144, 152, 144, 148 e 155, respectivamente; p0.05). As linhas de tendência de EC’s de Espanha, Portugal e de efeito global foram significativas e demonstraram declínio no período (p<0.05). Para Brasil e Itália houve comportamento com perfil mais estável, observando tendências a modelos significativos para os incrementos nos campeonatos da Alemanha e França e redução de EC no campeonato da Inglaterra. Conclui-se que o campeonato brasileiro foi o torneio mais equilibrado neste período. De forma global, houve uma crescente desigualdade de equilibrio nessas competições o que pode comprometer o sucesso e atratividade no futuro.

Abstract

The present study compared the competitive balance (CB) of Brazilianprofessionalfootball with those of Germany, Spain, France, England, Italy and Portugal first divisionleagues, between the period from 2003/2004to 2016/2017. In addition, a trend line of the period and the overall effect was analysed. The CB was measured by the concentration of points by the first four teams placed in the final standings(C4ICB). Descriptive values showedthat thecompetitions were not fully balanced (i.e. C4ICB> 100). (Md= 145, 148, 148, 152 and 155, respectively, p 0.05). The CB trend lines forSpain, Portugal and the overall effect were significant and showed a decline in the period (p <0.05). There was more stable behavior for Brazil and Italy, observing tendencies to significant models for the increments in the German and Frenchleagues and a reduction in the CB in the English league. It is concluded that the Brazilian league was the most balanced in this period. Globally, there has been a growing inequality in these leagues, which may implicatein the success and attractivenessof the leaguesin the future.

Referência

SILVA, Cristiano Diniz da; ABAD, César Cavinato Cal; FORTES, Guilherme Oliveira Ianino; NASCIMENTO, Wesley William Gonçalves. Equilíbrio competitivo no futebol: um estudo comparativo entre brasil e as principais ligas europeias (2003-2015). Journal of Physical Education. Maringá, v. 29, n. 1, p. 1-11, 2018.