Formação de jogadores em clubes de uma cidade do interior

Biblioteca

Seja um dos 14 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1982-8918

Formação de jogadores em clubes de uma cidade do interior: circulação, escolarização e inserção no futebol profissional

Periódico / Revista

Movimento

Número

n. 1

Volume

v. 24

Páginas

p. 263-274

Cidade

Porto Alegre

Arquivos

Resumo

Este artigo tratou da formação de jogadores de futebol. O corpus empírico do estudo constitui-se de cinco clubes da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Os objetivos principais trataram do processo de formação dos jogadores, mais especificamente a procedência, a circulação, a escolarização e a inserção no futebol profissional. A metodologia utilizada foi a etnografia com o apoio da netnografia. A pesquisa identificou que aproximadamente metade dos jogadores procedia de outras cidades, 22 de um total de 84 estavam com os estudos interrompidos e muitos apresentavam defasagem escolar. Catorze futebolistas (de 84) conseguiram firmar contrato profissional após ultrapassar a idade das categorias de base de seus respectivos clubes. Concluiu-se que a grande maioria dos futebolistas passa por um processo de circulação que dificulta a possibilidade de conciliar formação futebolística com escolarização.

Resumo (outro idioma)

Este artículo trata de la formación de jugadores de fútbol. El corpus empírico se constituye de cinco clubes de la ciudad de Pelotas, RS, Brasil. Los objetivos fueron el proceso de formación de los jugadores, más específicamente la procedencia, la circulación, la escolarización y la inserción en el fútbol profesional. La metodología utilizada fue la etnografía, con el apoyo de la netnografía. La investigación identificó que aproximadamente la mitad de los jugadores procedían de otras ciudades, que 22 de un total de 84 estaban con los estudios interrumpidos y que muchos presentaban desfase escolar. Catorce futbolistas (de 84) lograron firmar contrato profesional después de pasar la edad de las categorías de base de sus respectivos clubes. Se concluyó que la gran mayoría de los futbolistas pasa por un proceso de circulación que dificulta la posibilidad de conciliar la formación futbolística con la escolarización.

Abstract

This article approached formation of football players. The empirical corpus were five clubs from the city of Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil. It looks into the process of players’ formation, more specifically their origin, circulation, schooling and inclusion in professional football. The methodology applied was ethnographic aided by netnography. The research showed that about 50% of all players came from other cities; 22 out of 84 (total) had stopped going to school and many were already lagging behind in their studies. Fourteen players managed to sign professional contracts after leaving the junior leagues in their teams. The vast majority undergo a circulation process that hinders their possibility for reconciling sport and school.

Cadastre-se para receber novidades