Influência da capacidade tática de jogadores de futebol sub-17 no comportamento tático e nas propriedades da rede de interações em pequenos jogos

Autores

Gibson Moreira Praça, Filipe Manuel Clemente, Sarah da Glória Teles Bredt, Mauro Heleno Chagas, Juan Carlos Pérez Morales, Gustavo Henrique da Cunha Peixoto Cançado, Pablo Juan Greco

Periódico / Revista

Journal of Physical Education

Cidade

Maringá

Volume

v. 29

Número

n. 1

Páginas

p. 1-9

Ano

2018

ISSN

2448-2455

Resumo (pt)

Este estudo objetivou examinar a influencia da capacidade tática no comportamento tático individual e nas propriedades da rede de interações durante pequenos jogos no futebol. Este estudo incluiu 19 jogadores de futebol sub-17 (16.2 anos) de um mesmo time. Jogadores foram divididos em grupo 1 e grupo 2, com maior e menor capacidade tática, respectivamente, medida pelo FUT-SAT. Após, eles participaram de 12 pequenos jogos em um campo de 36mx27m com todas as regras do jogo formal. Avaliou-se o comportamento tático dos jogadores por meio da incidência dos princípios táticos fundamentais durante os pequenos jogos. Total links, densidade e clustering coefficient foram definidos com as medidas das propriedades gerais da rede. Analisaram-se os dados por meio do teste t independente e do teste de Mann-Whitney. Resultados mostraram que o grupo 1 apresentou maiores valores para total links (p=0.007) e densidade (p=0.007). O grupo 1 apresentou ainda maior incidência de ações de unidade defensiva (p=0.001), enquanto o grupo 2 realizou mais ações de equilíbrio defensivo (p=0.008) e equilíbrio de recuperação (p=0.038). Conclui-se que a capacidade tática influencia o comportamento individual e coletivo durante pequenos jogos.

Abstract

This study aimed compare individual tactical behavior and network propertiesof players with higher and lower tactical skillsduring soccer small-sided games. The sample was composed of18 U-17 elite soccer players (16.2 years old) from the samenational levelteam. Players were divided into group 1 and group 2, with higher and lower tactical skill, respectively, measured by the FUT-SAT. After this, they played 12 small-sided games in a 36x27m field with all rules of the formal game. Players’ tactical behavior was assessed through the incidence of fundamental tactical principles during the SSG. Total links,density and clustering coefficient were defined as the general network metrics. Data were analyzed through independent t-test and Mann-Whitney test. Results showed that group 1 presented higher values of total links (p=0.007) and density (p=0.007). Group 1 also presented a higher incidence of defensive unity (p=0.001), while group 2 realized more actions of defensive balance (p=0.008) andrecovery balance (p=0.038). We conclude that tactical skills are able to constraint individual team behavior in small-sided games

Referência

PRAçA, Gibson Moreira; CLEMENTE, Filipe Manuel; BREDT, Sarah da Glória Teles; CHAGAS, Mauro Heleno; MORALES, Juan Carlos Pérez; CANçADO, Gustavo Henrique da Cunha Peixoto; GRECO, Pablo Juan. Influência da capacidade tática de jogadores de futebol sub-17 no comportamento tático e nas propriedades da rede de interações em pequenos jogos. Journal of Physical Education. Maringá, v. 29, n. 1, p. 1-9, 2018.