Processos de individuação dos torcedores na Arena do Grêmio

Autores

Gustavo Andrada Bandeira, Fernando Seffner

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 5

Número

n. 2

Páginas

p. 135-157

Ano

2020

Tema

Dossiê Estádios de futebol: políticas e usos (Homenagem a Gilmar Mascarenhas)

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

Neste trabalho focamos nosso olhar sobre como os torcedores do Grêmio foram interpelados por diferentes conteúdos ao realizarem um trânsito entre o antigo estádio Olímpico Monumental e a atual Arena do Grêmio, especialmente na relação que se estabelece entre um sujeito individual, torcedor, e o sujeito coletivo, torcida. Para a construção de nosso material empírico realizamos diálogos com pequenos grupos de torcedores antes de partidas realizadas no novo estádio gremista. A tecnologia da Arena do Grêmio permite individualizar as ações dos torcedores por seus mecanismos de controle, o que poderia autorizar que o coletivo de torcedores fosse desfeito a qualquer momento. A torcida, em algumas circunstâncias, não poderia ser responsabilizada por ações realizadas por individualidades torcedoras, ao mesmo tempo em que as individualidades torcedoras não poderiam ser adequadamente avaliadas em suas ações sem levar o contexto da torcida em consideração.

PALAVRAS-CHAVE: Torcedor; Torcida; Arena; Estádios.

Abstract

The article analyzes how the fans of Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense were challenged by different issues when making the transit between the old Monumental Olympic stadium and the current Arena do Grêmio. The focus of the analysis is on the relationship established between an individual subject, supporter, and the collective subject, football crowd. The empirical material was produced from dialogues with small groups of fans before matches held at Arena do Grêmio. The technology of the Arena do Grêmio allows individualizing the actions of the fans by their control mechanisms, which could authorize the collective of fans to be undone at any time. The fans, in some circumstances, could not be held responsible for actions taken by supporters, while the supporters could not be adequately evaluated in their actions without taking into account the context of the supporters.
 

KEYWORD: Fan; Supporter; Arena; Stadiums.

 
 

Referência

BANDEIRA, Gustavo Andrada; SEFFNER, Fernando. Processos de individuação dos torcedores na Arena do Grêmio. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 5, n. 2, p. 135-157, 2020.