Produção e consumo de megaeventos esportivos – apontamentos em perspectiva antropológica

Biblioteca

Seja um dos 15 apoiadores do Ludopédio e faça parte desse time! APOIAR AGORA
ISSN 1983-7070
Dossiê Comunicação e Esporte

Produção e consumo de megaeventos esportivos – apontamentos em perspectiva antropológica

Periódico / Revista

Comunicação Mídia e Consumo

Número

n. 21

Volume

v. 8

Tema

Dossiê Comunicação e Esporte

Páginas

p. 67-92

Cidade

São Paulo

Arquivos

Resumo

Este texto tem por objetivo mostrar que os espetáculos esportivos podem ser pensados como bens simbólicos convertidos em mercadorias. Para tanto, sugiro que se observe o aparato simbólico do clubismo e do nacionalismo, os dois principais circuitos de disputas no futebol. É no espectro desses circuitos que se produzem as identidades e alteridades que dão sentido aos jogos, para além da beleza ou torpeza das técnicas corporais. Procuro mostrar como a FIFA controla o circuito nacionalista, cuja Copa do Mundo é a mercadoria mais valiosa.

Palavras-chave: Antropología. Futebol. Copa do Mundo. Mercadoria. FIFA

Resumo (outro idioma)

Este texto tiene por objetivo mostrar que los espectáculos deportivos pueden ser pensados como bienes simbólicos que han sido transformados em mercaderías. Para tanto sugiero que se observen los aparatos simbólicos del clubismo y del nacionalismo, los dos principales circuitos de disputas em el fútbol. En los espectros de estos circuitos se producen identidades y alteridades que le confieren sentido a los partidos, mas allá de la belleza o la ausencia de ella en las técnicas corporales. Pretendo mostrar que la FIFA controla el circuito nacionalista, donde la mercadería más valiosa es el Campeonato Mundial de Fútbol.

Palabras-clave: Antropologóa. Fútbol. Campeonato Mundial de Futbol. Mercadería. FIFA.

Abstract

This article aims at showing that sport events can be thought of as symbolic goods that have been transformed into a sort of merchandise. Therefore, I suggest that the symbolic apparatuses of club membership and nationalism, the two main dispute circuits in the realm of football. In the range of possibilities contained in these two circuits, different forms of otherness and a variety of identities grant meaning to the matches, regardless of the beauty or the lack of it of the corporal techniques exhibited by the players. I hereby show how FIFA controls the nationalistic circuit, being the World Championship its most valuable merchandise.

Keywords: Anthropology. Football. World Championship. Merchandising. FIFA

Cadastre-se para receber novidades