Fria e calculista, Alemanha vai às semifinais

Equipe Ludopédio

O Estádio do Maracanã viu seu penúltimo jogo da Copa do Mundo de 2014. O estádio mais famoso do mundo recebeu o clássico europeu entre Alemanha e França pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Os alemães acabaram vencendo por 1 a 0 e acabaram avançando às semifinais da competição pela quarta vez seguida: 2002, 2006, 2010 e 2014. Os franceses fizeram bela campanha na Copa, muito melhor do que na África do Sul, mas perderam novamente para um tradicional rival.

A partida começou com um domínio territorial alemão, que não demorou a marcar. Aos 12 minutos Kroos cobrou falta da esquerda e o zagueiro Hummels, de costas, cabeceou no alto, sem chances para o goleiro Lloris. Os alemães continuaram controlando o jogo e impossibilitando os ataques franceses, que quando chegavam paravam na mão do goleiro Neuer, que fez aliás bela defesa em chute de Valbuena aos 34 minutos.

O segundo tempo foi um pouco mais movimentado que o primeiro mas agora com a seleção francesa desesperada buscando o empate e os alemães tentando controlar a partida com marcação forte e disciplina tática. E quem brilhou foi o goleiro Neur, principalmente com sua frieza em defesas difíceis. Primeiro com Matuidi aos 32 minutos, que recebeu na direita da área e chutou forte. Neuer espalmou; e segundo em chute de Benzema, aos 49 minutos, no último minuto. O atacante francês invadiu a área pela esquerda e chutou forte no ângulo direito do goleiro. Neur, com extrema frieza, apenas esticou o braço e espalmou para longe.

Os alemães venceram e avançaram. Demonstraram em campo a tradicional e conhecida frieza alemã, contrastando com a calorosidade que demonstram na concentração da equipe.

França 0 x 1 Alemanha

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 

Data: 4 de julho de 2014, sexta-feira 

Horário: 13 horas (de Brasília) 

Árbitro: Nestor Pitana, da Argentina 

Assistentes: Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti, ambos da Argentina 

Público: 74.240 pessoas

Cartões amarelos: Khedira e Schweinsteiger (Alemanha)

Gols: Mats Hummels, aos 12 minutos do 1º tempo (Alemanha) 

FRANÇA: Lloris; Debuchy, Varane, Sacko (Koscielny) e Evra; Matuidi, Cabaye (Remy) e Pogba; Valbuena (Giroud), Benzema e Griezmann 
Técnico: Didier Deschamps

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels e Howedes; Schweinsteiger, Khedira e Kroos (Kramer); Ozil (Gotze), Klose (Schurrle) e Muller 
Técnico: Joachim Low

 

Galeria de imagens